Jogos Vorazes: A Esperança - O Final | Crítica - Popcorn Station Jogos Vorazes: A Esperança - O Final | Crítica - Popcorn Station

Ads Top

Jogos Vorazes: A Esperança - O Final | Crítica



Jogos Vorazes: A Esperança - O Final (The Hunger Games: Mockingjay - Part 2)
Elenco: Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Woody Harrelson, Philip Seymour Hoffman, Julianne Moore e mais
Direção: Francis Lawrence.
Estreia: 18 de novembro de 2015.






E chegou ao fim mais uma grande franquia nos cinemas. Jogos Vorazes chega ao seu fim com um filme cheio de ação, reviravoltas e um final digno. A franquia começou lá em 2012, ainda tímida e com inúmeras comparações com Crepúsculo, mas Jennifer Lawrence já havia declarado "não é Crepúsculo". Ela estava certa.

Apesar do público alvo ser o mesmo, o filme tem sua originalidade. Uma história criativa criada pela autora Suzanne Collins, fugindo do mesmo e passando uma mensagem forte sobre política. Apesar do triângulo amoroso de Katniss (Jeniffer Lawrence), Peeta (Josh Hutcherson) e Gale (Liam Hemsworth), a saga é muito mais que um romance juvenil.

Katniss se mostra uma personagem forte e ao mesmo tempo humana, frágil e controversa. Fugindo dos estereótipos de outras franquias onde o personagem é simplesmente o escolhido, Katniss mostra que ela era apenas uma peça em um tabuleiro. Suas escolhas eram feitas muitas vezes por sua teimosia e instinto de sobrevivência. Um ótimo trabalho de Jeniffer Lawrence no papel.

Como todos sabem, o último livro foi dividido em dois filmes, seguindo a tendência iniciada lá na saga Harry Potter. Com certeza uma maneira para o estúdio lucrar mais, mas também uma oportunidade de entregar para os fãs uma história melhor adaptada. No primeiro filme tivemos a preparação para o segundo filme, introduzindo personagens importantes e logo já mostrando suas intenções.

Jogos Vorazes: A Esperança - O Final veio como o fechamento perfeito para a saga. Apesar de um começo lento, onde algumas cenas poderiam muito bem estar no final de Jogos Vorazes: A Esperança - Parte 1, o filme entra nos trilhos depois de uma meia hora e segue seu rumo até algumas cenas finais, onde se perde um pouco novamente. Tivemos um fechamento digno, com mortes de personagens queridos, sem favoritismo e algumas reviravoltas, que apesar de previsíveis, fazem total sentido para a trama em geral.

Francis Lawrence adiantou que este era o filme mais violento da série e entregou o que prometeu. Apesar de não poder mostrar muitas cenas violentas, devido a classificação indicativa, o longa mostra a realidade de uma guerra. Onde muitas vezes os inocentes sofrem pelos erros dos outros. 

Jogos Vorazes chega ao fim e deixa sua marca na cultura pop. A franquia conseguiu conquistar milhões de fãs que lotaram as salas de cinema na sua pré-estreia. Não foram filmes perfeitos, tiveram seus altos e baixos e muitas vezes se perderam no romance, mas, com certeza, é uma franquia para se assistir.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.