Sense8 - 1ª Temporada | Crítica - Popcorn Station Sense8 - 1ª Temporada | Crítica - Popcorn Station

Ads Top

Sense8 - 1ª Temporada | Crítica


Sense8 - 1ª Temporada
Elenco: Aml Ameen, Doona Bae, Jamie Clayton. Tuppence Middleton, Tina Desai, Max Riemelt, Miguel Ángel Silvestre, Brian J. Smith e outros.
Estreia: 5 de junho de 2015.






Sense8 é a nova série do Netflix e criada pelos irmãos Wachowski. Ela tem uma premissa simples e interessante: 8 pessoas espalhadas pelo mundo são conectadas, os Sensates. Elas podem usar as habilidades uma da outra, sentir o que seu grupo está sentindo e se comunicar mesmo estando extremamente longe ou isolados. A série não tem nenhuma trama muito engenhosa por trás, apenas 8 pessoas tentando sobreviver e entender o que está acontecendo, se estão ficando loucos, ou se tudo é realmente real.

A série tem 12 episódios na primeira temporada, e no começo você pode se sentir perdido, como me senti também, mas acredito que era isso que os Wachowski queriam. Tentaram passar para o o público, o que os personagens sentiam também, pois nem eles sabiam o que estava acontecendo. Mas com o passar dos episódios você vai descobrindo, junto com os personagens, o que está acontecendo e por que e como oito estranhos se conectaram.

Quem são os Sensates? Bom, irei apresentar os oito abaixo:
  • Aml Ameen como Capheus Van Damme, um compassivo motorista de van em Nairobi com um forte senso de justiça que está tentando desesperadamente ganhar dinheiro para comprar remédios para sua mãe, que sofre de AIDS.
  • Doona Bae como Sun Bak, filha de um poderoso empresário de Seul e crescente estrela do mundo kickboxing subterrânea.
  • Jamie Clayton como Nomi Marks, hacktivist e trans lésbica que vive em San Francisco.
  • Tina Desai como Kala Dandekar, uma farmacêutica e devota Hindu em Mumbai contratada para se casar com um homem que ela não ama.
  • Tuppence Middleton como Riley Blue, uma DJ islandesa com um passado conturbado que a fez fugir para Londres.
  • Max Riemelt como Wolfgang Bogdanow, um serralheiro de Berlim e arrombador, que tem questões não resolvidas com seu falecido pai e participa no crime organizado.
  • Miguel Ángel Silvestre como Lito Rodriguez, um gay não assumido espanhol, ator de telenovelas e filmes, que vive na Cidade do México.
  • Brian J. Smith como Will Gorski, um policial de Chicago assombrado por um assassinato não solucionado de sua infância.

No elenco também temos outros personagens muito interessantes, Naveen Andrews como Jonas Maliki, outro Sensate (de outro grupo) que ajuda os novos Sensates, Freema Agyeman como Amandita, namorada de Nomi e Alfonso Herrera como Hernando, namorado de Lito.

Uma das coisas mais legais da série, é a diversidade. Podemos ver várias culturas diferentes, pessoas passando por problemas diferentes, vemos o drama de uma transexual que não é aceita, o drama do filho que precisa cuidar de sua mãe com AIDS, podemos ver a cultura indiana, coreana, latina e etc. Tem para todos os gostos, com algum personagem você vai se identificar.

Queria falar também no quesito técnico. A série é gravada em 8 países diferentes, e algumas cenas precisam ser gravadas exatamente iguais em 2 lugares diferentes, e a série consegue demonstrar isso muito bem.

A série pode demonstrar a redenção dos Irmãos Wachowski, que não estavam surpreendendo nos últimos tempos. Esperamos que a série seja renovada para uma segunda temporada, que ainda não foi anunciada.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.