Um Crime Americano | Crítica - Popcorn Station Um Crime Americano | Crítica - Popcorn Station

Ads Top

Um Crime Americano | Crítica


Um Crime Americano (An American Crime)
Elenco: Ellen Page, Hayley McFarland, Nick Searcy, Romy Rosemont, Catherine Keener e mais.
Direção: Tommy O'Haver.
Estreia: 22 de agosto de 2008.






Começarei a fazer críticas de alguns filmes mais antigos, clássicos que nunca vi. Assisti ontem Um Crime Americano, que estreou nos Estados Unidos em 2007, mas chegou no Brasil somente em 2008. O filme conta uma história real, baseado na história de Sylvia Likens (Ellen Page) que junto com sua irmã Jennie (Hayley McFarland) foram deixadas na casa de Gertrude Baniszewski (Catherine Keener) para serem cuidadas, enquanto seus pais viajavam com circo onde trabalhavam.

O filme começa logo com um julgamento, onde vemos várias fotos de lesões. Logo você deduz que algo aconteceu. O filme usa uma dinâmica onde alguém começa contar algo no julgamento e logo corta para a cena onde mostra o que aconteceu, algo que acaba te prendendo para saber o que está acontecendo no julgamento, isso se você não sabe a trama do filme, assim como eu.

Logo conhecemos Gertrude Baniszewski, uma mãe que sofre para cuidar de seus seis filhos, toma remédios e ainda precisa trabalhar para sustentar a família. Por precisar do dinheiro, ela aceita cuidar de Sylvia e Jennie para aumentar a renda familiar. No começo você até sente a dor de Gertrude, vê o quanto ela luta pela sua família, o que faz você não acreditar no que estar por vir.

O filme é pesado. Um filme que você termina e se sente mal no final. Não temos finais felizes e por ser tratar de uma história real, você se abala mais ainda. O fato de ser pesado, não faz dele um filme ruim. Muito pelo contrário, o filme é muito bom, mas não é um filme para se assistir para relaxar.

Podemos ver até onde o ser humano pode ir quando não há nada o faça parar. Em algumas cenas, alguns personagens vão para o porão e quando se deparam com o que está acontecendo, a primeira reação é a negação, mas não demora muito para todos fazerem o mesmo.

Evitei os spoilers ao máximo, mas é difícil falar sobre o filme sem entregar algum ponto. Recomendo o filme. Se você se interessar, filme entrou no catálogo da Netflix.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.