3% - 1ª Temporada | Crítica - Popcorn Station 3% - 1ª Temporada | Crítica - Popcorn Station

Ads Top

3% - 1ª Temporada | Crítica


3% - 1ª Temporada
Elenco: João Miguel, Rodolfo Valente, Vaneza Oliveira, Bianca Comparato, Mel Fronckowiak, Michel Gomes e mais.


A Netflix enfim trouxe sua primeira produção totalmente brasileira. 3% surgiu na internet, com um piloto que atraiu a atenção do serviço de streaming, que abraçou a ideia e trouxe uma boa série para seu catálogo. Não é perfeita, mas é um bom começo para os brasileiros no serviço.

Como o próprio título diz, 3% mostra um futuro distópico, onde apenas 3% da população tem o direito de viver em abundância no Maralto, um lugar onde não há injustiça para ninguém. Uma boa metáfora para a realidade, onde vemos uma pequena parte da população que acumula grande parte da riqueza do país.

A série é boa e traz uma história interessante. Acompanhamos apenas um pequeno grupo que está tentando entrar no Maralto através do processo. Os primeiros episódios servem introduzir cada personagem, seu passado e o por que estão querendo ir para o lado de lá, como eles mesmos dizem.

De todos no elenco, podemos destacar Rodolfo Valente como Rafael, um dos personagens que mais evolui na trama e Vaneza Oliveira como a Joana, que acabou sendo uma das favoritas do público. João Miguel também traz uma boa carga emocional para o personagem Ezekiel, que teve um passado conturbado como vimos no seu episódio de flashback. Os demais atores pouco se destacam, com atuações rasas e sem emoção.


O ritmo da série é um problema. Talvez um episódio para introduzir o passado de todos os personagens teria sido melhor, do que contar um de cada vez. Mas depois que conhecemos todos, a série flui muito bem até o final da temporada, onde temos boas, porém previsíveis reviravoltas.

O Brasil começa muito bem na Netflix. 3% é uma boa série, com uma boa história e não se perde apenas em clichês. Muitas atuações deixam a desejar, mas ainda veremos muito esses personagens crescerem e evoluirem na 2ª temporada, que já está confirmada.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.