Big Little Lies | Crítica - Popcorn Station Big Little Lies | Crítica - Popcorn Station

Ads Top

Big Little Lies | Crítica


Big Little Lies
Elenco: Nicole Kidman, Reese Witherspoon, Shailene Woodley, Laura Dern, Zoe Kravitz.
Direção: Jean Marc Vallée.
Estreia: 19 de fevereiro de 2017.



Big Little Lies é uma minissérie do canal de TV HBO, criada por David E. Kelly e é baseada no livro 'Pequenas Grandes Mentiras' (publicado no Brasil pela editora Intrínseca) de Liane Moriarty, que esteve envolvida na produção e tem direção de Jean Marc Vallée.

A minissérie conta com um elenco renomado que desempenhou uma performance incrível, que pode ser considerada uma das melhores e mais significativas atuações da carreira das atrizes: Nicole Kidman, Reese Witherspoon, Shailene Woodley, Laura Dern e Zoe Kravitz

Uma improvável amizade que surge entre Madeline (Reese Witherspoon), Jane (Shailene Woodley) e Celeste (Nicole Kidman) que possuem distanciamentos em relação a suas vidas financeiras, mas que não afeta a profunda união entre as amigas, que estão sempre dando suporte umas as outras para lidarem com seus traumas pessoais que passaram e se passam em suas vidas.

Temas delicados e importantes são trabalhados ao longo dos sete episódios, que apresenta um bom roteiro com uma sequência lógica que envolve o espectador usando artifícios de suspense. Abuso sexual e a violência contra a mulher são tratados de forma realística, sem relativizar ou romantizar esses problemas. Demonstrando assim o quão difícil é para vitimas se recuperarem desses profundos traumas, que deixam tantas marcas emocionais em suas vidas e ao mesmo tempo conscientizar do que infelizmente ocorre com tantas mulheres em todo mundo, e assim a ficção e a realidade vão se encontrando.

O fato dos filhos de Madeline, Celeste e Jane estudarem na mesma escola foi algo que possibilitou a amizade entre as três mulheres, e a respeito da maternidade há muitos pontos que giram em torno disso na minissérie: os desafios de ser mãe solteira, a criação de um filho quando os pais são divorciados, a dificuldade em conciliar a maternidade com a carreira profissional e em especial o quanto uma mãe sacrifica de si mesma na criação de seus amados filhos.

A minissérie possui um bom ritmo, utiliza o cruzamento entre presente e passado durante todos seus episódios, onde o presente é uma investigação liderada por uma detetive e o passado que demonstra todos os acontecimentos que levaram a chegada daquele determinado momento. Outro destaque é a apaixonante trilha sonora, que se conecta muito bem com as cenas, a trilha que é em grande parte referenciada  as preferências da personagem Chloe (Darby Camp) filha de Madeline, que desafia o quanto você pode sentir inveja do gosto musical de uma garotinha de apenas seis anos.

Originalmente Big Little Lies foi produzida como uma minissérie, mas devido ao grande sucesso que obteve e a qualidade final do produto, o público manifestou grande interesse e inúmeros pedidos de uma nova temporada. Com isso, a produção da minissérie está dividida com essa ideia de segunda temporada, mas até o momento nada foi confirmado.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.