TUDO que você precisa saber para Alien: Covenant - Popcorn Station TUDO que você precisa saber para Alien: Covenant - Popcorn Station

Ads Top

TUDO que você precisa saber para Alien: Covenant



Essa semana Alien: Covenant chega nos cinemas de todo o país e preparamos este artigo para contar tudo o que você precisa saber antes de conferir o retorno de Ridley Scott na direção de mais um filme da franquia, que é uma das maiores de ficção científica/horror de todos os tempos.
Vamos nos lembrar dos quatro filmes originais e também da prequela de 2012 que antecede o longa que chegará aos cinemas no próximo dia 11.
 

Alien: O Oitavo Passageiro (1979)

Escrito por Dan O'Bannon e dirigido por Ridley Scott, Alien: O Oitavo Passageiro é o primeiro filme do que ainda seria uma franquia de grande sucesso no cinema. Estrelado por Tom Skerritt, Sigourney Weaver, Veronica Cartwright, Harry Dean Stanton e John Hurt, o filme foi um sucesso retumbante de crítica e bilheteria. Faturando aproximadamente 105 milhões de dólares no mundo todo (o longa custou apenas 11 milhões de dólares), Alien também foi indicado a dois Oscars na categoria de Direção de Arte e Efeitos Especiais, levando a estatueta nesta última.
No espaço profundo, a tripulação da espaçonave comercial Nostromo é despertada de suas cápsulas crio-sono no meio da sua jornada para casa, para investigar um pedido de socorro de uma nave alienígena. O terror começa quando a tripulação encontra um ninho de ovos no interior da nave alienígena. Um organismo pula de dentro do ovo e se afixa em um dos tripulantes, deixando-o em estado de coma.
O filme também serviu para lançar definitivamente a carreira de Sigourney Weaver, que participa nos quatro filmes originais, na pele de Ellen Ripley. Aliás, essa personagem é provavelmente a mais icônica personagem feminina da história do cinema de ficção científica. Quebrando todos os paradigmas referentes a gênero no cinema, a tenente Ripley ainda influenciaria outras grandes protagonistas femininas com o passar dos anos.
Claustrofóbico, preso sempre entre as paredes da Nostromo, o filme é perfeitamente construído, sua história é amarrada e o suspense e o terror funcionam muito bem. Com certeza algo com a marca característica de Scott que, se dirigido por qualquer outro na época, não teria o mesmo impacto para se perpetuar como uma franquia de sucesso nos anos seguintes.

Aliens, o Resgate (1986)

Depois de um sono de cinquenta e sete anos, a única sobrevivente (Ellen Ripley) de uma tragédia espacial descobre que o local onde tudo ocorreu com sua nave foi colonizado e, apesar das pressões, ela decide retornar para salvar as setenta famílias lá existentes. Mas mesmo com todo o armamento mais recente eles não são páreo para as centenas de alienígenas que invadiram a colônia. 
Sabem a razão pela qual "Aliens, o Resgate" é o melhor filme da franquia? Não só pela sua história e efeitos especiais, mas porque James Cameron aumenta em escala tudo o que funcionou no primeiro filme, e o resultado é incrível. Temos soldados armados, explosão de planetas e muito (muito mesmo) mais Aliens. A crítica e o público receberam de maneira extremamente positiva essa obra-prima do cinema, que recebeu SETE indicações ao Oscar, ganhando nas categorias de Melhor Edição de Som e Melhores Efeitos Especiais.
Definitivamente um must watch para qualquer fã de ficção científica, esse filme subverte todas as expectativas do público, que esperavam um ambiente claustrofóbico e fechado do primeiro filme e entrega algo muito mais frenético e intenso. De qualquer forma, Aliens é um consenso: um filme brilhantemente executado por James Cameron e destila de uma vez por todas o fenômeno Alien no cinema. 

Alien³ (1992)

Ripley é a única sobrevivente quando sua nave avariada cai em Fiorina 161, um planeta inóspito habitado por ex-condenados de uma prisão de segurança máxima. Mas um Alien estava a bordo de sua espaçonave... e logo o número de cadáveres começa a crescer.
Não é muito agradável ter que falar sobre "Alien³". Dirigido pelo então novato David Fincher, esse filme passou por diversos problemas em sua produção e pós-produção. Fincher (que ainda produziria filmes excelentes como "Seven" e "Clube da Luta") foi contratado na época para dirigir o novo Alien com problemas na fotografia do filme e então passando para vários problemas com a Fox que influenciou demais o filme, se tornando algo distante da visão que Fincher tinha para a franquia.
O roteiro é fraco, não consegue captar a mesma sensação que temos ao assistir o primeiro ou o segundo filme. A assinatura de Fincher ainda está aqui, embora "manchada" pelos inúmeros reveses na produção do longa. Os efeitos práticos decepcionam e os digitais foram inseridos de maneira pessimamente mal feita. Ainda é um divertimento simples, mas que não é nem um pouco digno dos filmes de Scott e Cameron. 

Alien - A Ressurreição (1997)

Dois séculos depois de Alien 3, cientistas a bordo de uma espaçonave, a qual é também um laboratório, fazem um clone de Ellen Ripley. Porém, o clone vem com um toque de sangue Alien na sua composição. 
Nesse ponto, é seguro dizer que a franquia já havia se perdido totalmente do seu conceito inicial no filme de 1979. Em "Alien - A Ressurreição" é onde vemos que nada de bom poderia vir de mais uma sequência com roteiro de Joss Whedon e mesmo da escolha do aclamado diretor francês Jean-Pierre Jeunet ("O Fabuloso Destino de Amélie Poulain"). O resultado é desastroso e ainda pior que o terceiro filme. 
Os novos designs das criaturas são provavelmente o que mais cria antipatia nos fãs da franquia. A falta de ambiente para um filme de "suspense" e efeitos especiais extremamente datados e mal utilizados (mesmo 18 anos depois do filme original e com um orçamento muito maior) fazem de "Alien - A Ressurreição" um filme que os verdadeiros fãs da franquia e de ficção científica queiram esquecer.

No final dos anos 2000, James Cameron e Ridley Scott começaram a desenvolver um filme que seria o quinto da franquia e que mostraria o que aconteceu antes de "O Oitavo Passageiro". Contudo, esse projeto foi deixado de lado em 2003. Só em 2009 Scott mostrou interesse novamente no projeto, trazendo John Spaihts para escrever uma história de ficção científica que antecede os eventos do filme original, porém sem ligação direta com sua história (se passando apenas no mesmo universo).
Em 2010, Ridley Scott anunciou que esse novo projeto seria uma prequela de "Alien" dividida em duas partes. Essa primeira parte seria "Prometheus". Porém, em 2011, Scott afirmou que "Prometheus" não seria um prelúdio do filme original de 1979, mas sim uma nova e original ficção científica com "um DNA de Alien". O diretor do primeiro longa disse ter ficado espantado que nos três filmes subsequentes ninguém fez perguntas básicas como "Porque o alien? Quem o criou?" e veio com o conceito de "Prometheus", que estreou em 2012.

Prometheus (2012)

Marcando o retorno de Ridley Scott à direção de um filme da franquia, "Prometheus" é o filme que se passa antes dos acontecimentos de "Alien: O Oitavo Passageiro". O grande elenco conta com Noomi Rapace, Michael Fassbender, Guy Pearce, Idris Elba e Charlize Theron. 
Este prelúdio do filme Alien conta a história de uma equipe de cientistas que embarca em uma jornada espacial para descobrir a verdade sobre a origem da raça humana. No planeta de destino, eles encontram criaturas poderosas e revelações assustadoras.
O conceito do filme em mostrar as origens de elementos já estabelecidos na franquia, porém sem ligar diretamente aos acontecimentos dos filmes originais pode ter decepcionado parte do público que estava ansioso em conferir o retorno dos Xenomorfos às telas do cinema. O resultado final acabou agradando grande parte da crítica, porém dividindo os fãs. 
Contudo, o filme (por mais que acabe gerando mais dúvidas que respostas em alguns temas) é um excelente trabalho de exploração da mitologia da franquia, em aspectos que apenas Ridley Scott conseguiria aprofundar. Um verdadeiro espetáculo visual, que explora as raízes da história original que no ano de estreia do longa completou 33 anos. Talvez não exatamente o que o público queria, mas certamente algo que merecíamos.

Agora, Alien: Covenant chegará aos cinemas e trará consigo o personagem vivido por Michael Fassbender como um elo entre "Prometheus" e o novo filme. O que nos aguarda no futuro da franquia ainda é um mistério que esperamos descobrir dia 11 nos cinemas! 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.