Game of Thrones - A Justiça da Rainha chega para todos - Popcorn Station Game of Thrones - A Justiça da Rainha chega para todos - Popcorn Station

Ads Top

Game of Thrones - A Justiça da Rainha chega para todos

O episódio dessa semana realmente foi enfático em mostrar o quanto as coisas acontecerão de maneira rápida a partir de agora em Game of Thrones. Alianças, reencontros e a boa e velha vingança nossa de cada dia deram as caras.

ATENÇÃO: O texto a seguir contém spoilers do 3º episódio da 7ª temporada de Game of Thrones. Leia por sua conta e risco.

Intitulado “The Queen’s Justice” vimos nesse episódio um ritmo bastante diferente daquele ao qual estamos acostumados na série, já começando com o aguardado e festejado encontro entre gelo e fogo, com a chegada de Jon Snow e Sir Davos à Dragonstone, onde foram apresentados à Daenerys Targaryen. Como era de se esperar, a provável aliança entre os dois não será fácil de acontecer, o orgulho da mãe dos dragões e sua sede por conquistar e libertar os sete reinos não permite que ela entenda o tamanho do mal que está para chegar, por outro lado, o Rei do Norte também não dá o braço a torcer e se recusa a jurar lealdade à rainha por direito do trono de ferro, para Snow lutar numa guerra entre os vivos enquanto uma ameaça real se aproxima é uma perda de tempo e recursos.

No meio disso tudo, Tyrion parece ter papel fundamental ao intermediar as ambições de ambos os lados, pois ao mesmo tempo em que o Norte se apresenta como aliado indispensável na luta contra o exército de Cersei, ele também conhece e confia o suficiente em Jon Snow para saber que as histórias sobre os Vagantes Brancos podem não ser mais apenas histórias. Dessa forma ele conseguiu convencer Daenerys a ceder para o Stark, o vidro de dragão do qual precisava para forjar suas armas, numa breve conversa entre os dois a Targaryen parece não desacreditar que o Rei da Noite e seu exército estejam mesmo marchando contra os sete reinos e esperamos que essa aliança seja concretizada o quanto antes.

Enquanto isso na Cidadela, Sir Jorah Mormont, conseguiu se curar, graças ao procedimento de Samwell e agora ruma de volta para Daenerys, para se juntar a sua amada e rainha, será que o ândalo conseguirá encontrar-se novamente com a nascida da tormenta?

Também descobrimos qual era o presente prometido por Euron Greyjoy à Cersei Lannister, ele entregou as sobreviventes de Dorne de bandeja à rainha que agora entendeu que para vencer a guerra precisará do capitão dominando os 14 mares. Toda essa situação não deixa Jamie Lannister nem um pouco feliz e enquanto Cersei faz de tudo para conquistar a vitória na guerra que está por vir, o Guarda Real sente-se incomodado com o fato do possível casamento entre a irmã e Euron, já que a única condição para que o capitão comandasse sua armada em favor de King's Landing é que a rainha case-se com ele, ela mesma declarou que o homem terá o que deseja, caso a guerra seja vencida.

E Cersei vem sendo o ponto alto da série, como o próprio título do episódio já fala, a rainha espalhou sua justiça para todos aqueles que atentaram contra a coroa. Dando um destino cruel para a filha de Ellaria Sand e para a própria Ellaria que foram responsáveis pela morte de sua filha, Myrcella.

Mostrando que conhece como ninguém o jogo dos tronos, a Lannister mais uma vez usou de uma estratégia impecável ao “entregar” Castle Rock de bandeja ao exército dos imaculados de Daenerys, enquanto mais uma vez enfraquecia seus aliados, dizimando os Tyrell. O momento também foi importante para outra grande revelação, após ser derrotada e estar diante da morte certa após ingerir veneno, Olenna Tyrell revelou para Jamie que estava feliz que seu destino não seria uma morte dolorosa como foi a de Joffrey, da qual ela confessou ser responsável e mais do que isso, pediu para que Jaime contasse para Cersei, naquela que, com toda certeza, foi a melhor cena do episódio.

Em Winterfell, vimos Sansa demonstrar um enorme senso de liderança, confirmando que o Norte está realmente em boas mãos durante a ausência de Jon. Também foi nesse momento que houve uma grata surpresa no episódio, o reencontro de Sansa e Bran Stark que finalmente voltou para casa e agora procura aprender mais sobre seus poderes antes que a guerra se inicie, a jornada do jovem Stark ainda parece um tanto quanto obscura e seu papel ainda incerto.

Em três episódios, notamos como os eventos estão se desencadeando de maneira rápida, porém, ordenada nos sete reinos a guerra entre King's Landing e Dragonstone já se iniciou e só se pode esperar que os episódios restantes tragam ainda mais reviravoltas. A longa noite chegará para todos, será que alianças serão formadas ou os mortos triunfaram sobre os vivos?

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.