Game of Thrones - Primeiro episódio é o esquenta da 7ª temporada - Popcorn Station Game of Thrones - Primeiro episódio é o esquenta da 7ª temporada - Popcorn Station

Ads Top

Game of Thrones - Primeiro episódio é o esquenta da 7ª temporada



Foi ao ar na noite do último domingo (16) o primeiro episódio da tão aguardada sétima temporada de Game of Thrones,  chamado de "Dragonstone". Para os que já estavam imaginando grandes batalhas logo no começo pode ter ficado um pouco desapontado com um episódio parado em termos de ação, porém relevante e de extrema importância na trama que se desenvolverá ao longo dos próximos domingos.
ATENÇÃO: O texto a seguir contém spoilers do 1º episódio da 7ª temporada de Game of Thrones. Leia por sua conta e risco

O começo pode ser descrito como um "pé na porta", com a conclusão da vingança de Arya Stark sobre os Frey, matando os que restaram da maneira mais Game of Thrones possível. O que pode ter sido uma surpresa no entanto, é algo a ser cuidadosamente lembrado. Arya parte de Riverlands em direção à Porto Real e, ao encontrar um grupo de homens na floresta (destaque para a participação de Ed Sheeran na cena), ela diz que está em uma missão: matar a Rainha Cersei. As expectativas de que a pequena Stark rumasse direto ao Norte ao encontro de sua irmã Sansa e Jon parece que ainda não está em questão.

Enquanto isso, no Norte, Jon Snow organiza as alianças e os exércitos para se preparar para a batalha. Uma discussão no meio da reunião com os aliados entre Jon e Sansa reforça que por mais capacitado e respeitado que Jon seja, sua irmã não irá simplesmente acatar tudo sem questioná-lo. No meio da reorganização de alianças da casa Stark, uma carta enviada por Cersei chega às mãos de Jon, que não dá valor à intimação, se preocupando mais com o Rei da Noite. Sansa o adverte para não subestimar o poder de Cersei, que sempre consegue aniquilar seus inimigos. O tom de admiração é percebido por Jon, que faz com que Sansa confesse que aprendeu muito com a rainha de Porto Real. É notável também certa influência de Mindinho nos seus diálogos com Sansa, talvez tentando jogá-la contra Jon? Veremos.

E é em Porto Real que cai a ficha nos Lannisters que poucos aliados restaram, e que o Trono de Ferro não está tão seguro. Uma tentativa de aliança com Euron Greyjoy envolvendo um pedido de casamento com Cersei não funciona, e a rainha perde uma chance de ter sob seus domínios a Frota de Ferro. Por´me, Euron parece não ter terminado seus negócios com Cersei, e deixa a sala do trono com a promessa de um presente que agradará Cersei. Jaime aconselha Cersei a ir à Dragonstone.

Samwell Tarly faz algumas descobertas surpreendentes em alguns livros que ele obteve na Cidadela. Uma delas, e que ele sai em disparada para avisar Jon, é a de que há uma "mina" de Vidro de Dragão embaixo das terras de Dragonstone. Isso seria algo muito poderoso para o Norte na luta contra o Rei da Noite, e por isso é de extrema importância na trama dessa temporada. Além disso, vemos Jorah Mormont perguntando à Sam se a rainha Daenerys já havia voltado. Seu amor por ela ainda existe ao que tudo indica, e ele está tão ansioso quanto nós para a Mãe de Dragões voltar definitivamente.

Finalmente, temos Daenerys chegando à Dragonstone, seu lar, com sua frota, acompanhada de Tyrion. Após um pequeno tour pelo castelo e pela sala do trono, a frase que a rainha Targaryen pronuncia é a que nos deixa extremamente empolgados pelos próximos episódios: "Podemos começar?"

Esse primeiro episódio tem diálogos bem explícitos, uma bela direção e um "esquenta" do ainda virá na série. As atuações estão em grande nível, assim como toda a edição e a série como um todo. Como primeiro episódio funcionou muito bem, definindo o tabuleiro do jogo e como ele será jogado pelo menos no início da temporada. Ao que parece, Dragonstone será muito importante para o futuro, e todos os principais inimigos já começaram a se organizar para não ficar para trás nesse jogo. Vale uma menção honrosa neste episódio para o Gigante Walker e claro, a preferida de todos, Lyanna Mormont. Ficou desapontado? Ou sabe que a espera pela guerra valerá a pena? A coisa promete tomar outra forma nos próximos domingos e já estamos ansiosos!

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.